Notícias

Brasil x Argentina

O presidente do Sintex - Sindicato das Indústrias de Fiação, Tecelagem e do Vestuário, Ulrich Kuhn, conduziu na última semana em Buenos Aires uma reunião entre os produtores têxteis brasileiros e argentinos. De acordo com o executivo, houve avanços, mas ainda existem etapas a serem vencidas. "O lado positivo é que reiniciaram as negociações e há indícios positivos de que o comércio entre os dois países será restabelecido", afirma.

O governo argentino havia decidido cancelar as licenças automáticas para importações de têxteis, automóveis e equipamentos eletroeletrônicos, entre eles, notebooks, desktops e celulares. Significa que um fabricante brasileiro tem que entrar na burocracia argentina para solicitar licença de importação desses produtos, medida que não costuma ser rápida. Na melhor das hipóteses, pode levar uns 60 dias para se obter a autorização.


Compartilhe:

<< Voltar