Notícias

Gestão profissionalizada impulsiona crescimento da Cativa Têxtil, que completa 22 anos em setembro



A Cativa desenvolve 500 referências diferentes para cada uma das três coleções, fabricando até 10 milhões de peças por ano. De pequena empresa, tornou-se um grande empreendimento, com seis unidades fabris e a manutenção de mais de 1,7 mil empregos. A satisfação profissional do empreendedor se reflete em todos os ambientes da indústria.

Seu Gilmar, como é conhecido pela equipe, é carismático e dono de um feeling comercial único. Vê as pessoas ao seu redor como peças-fundamentais no processo hoje desenvolvido pela Cativa. Sugere e apoia iniciativas que são sucesso na empresa, como o sino (tocado sempre antes da divulgação de uma boa notícia, como o atingimento de metas) e a Rádio Cativa (canal interno de comunicação que também serve para envolver o ambiente com música e deixar o trabalho mais alegre, afinando a comunicação entre os colaboradores da empresa de Pomerode).

O presidente vez ou outra coloca a voz no microfone. De sua participação na Rádio Cativa, por exemplo, partiu a informação da antecipação dos salários para o último dia útil do mês, não mais no quinto do mês subseqüente. A escolha das músicas também é democrática. Os trabalhadores da indústria é que definem o que querem ouvir. “Gente que é incentivada também a crescer. Internamente, a empresa promove treinamentos constantes aos colaboradores. Oferece ainda uma completa gama de benefícios e também promove a integração com a comemoração de datas especiais”, aponta o executivo.

Os valores propostos há 22 anos, que dizem respeito à criação familiar de Gilmar Sprung e suas irmãs Valci Márcia e Cátia Maria (hoje vice-presidente e diretora comercial, respectivamente), são mantidos. A família Sprung se muniu dos valores até hoje praticados na empresa e conquistou o Brasil com produtos de nível, desejados, de alto giro e de maneira sustentável. Incentivando o valor do colaborador, com ética, respeito ao cliente, jovialidade, patriotismo e sustentabilidade, o trabalho árduo foi recompensado.

Atualmente a empresa tem 10 marcas (entre licenciadas e próprias), tece, tinge, beneficia, corta, estampa, borda, costura e transforma mais de 180 toneladas de malha ao mês, produzindo roupas que vestem crianças, jovens e adultos.

Perseverança e profissionalismo para crescer

Disposta a crescer, a Cativa profissionalizou não somente as atividades, mas sua gestão. Com isso, ingressou e participa ativamente no PAEX (Parceiros para a Excelência), da Fundação Dom Cabral, instituição que foca o desenvolvimento de executivos e empresas, investe na aprendizagem coletiva, com o compartilhamento de conhecimentos e experiências; além de incentivar o envolvimento e a participação de dirigentes em ciclos de evolução permanente.

Também optou por ampliar suas atividades além do território catarinense. Em 2008, a Cativa Têxtil escolheu Campo Grande (MS) para essa experiência. Hoje, a Cativa MS gera 180 empregos e conta com estrutura que compreende os setores de costura, acabamento, expedição e administrativo, dividida em uma área de 1,5 mil metros quadrados. A indústria está iniciando as obras de sua sede própria nesta unidade. O esforço é o trabalho para cumprir mais uma meta, de tantas já alcançadas: estar entre quatro mais referidas companhias têxteis até 2012. 



Gilmar Sprung

 
 


Compartilhe:

<< Voltar