Notícias

Sintex participa do encerramento do Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa

O diretor executivo do Sintex, Renato Valim, participou do encerramento do 3° Ciclo de Estudos Estratégicos de Defesa, nesta quarta-feira, 19. No evento virtual, o ministro de Defesa, general Fernando Azevedo e Silva, apresentou os principais projetos estratégicos das Forças Armadas, como a construção das fragatas classe tamandaré em Itajaí, o Sistema de Monitoramento de Fronteiras (Sisfron) e a construção dos submarinos nuclear e convencional. O Ciclo de Estudos é uma iniciativa da Escola Superior de Guerra e do Comitê da Indústria de Defesa da FIESC (Comdefesa), que faz a aproximação da indústria com as demandas militares.

Os projetos destacados por Azevedo e Silva movimentam a base industrial de defesa do Brasil. Estudo mostra que cada real investido em programas de defesa, gera multiplicador de 9,8 em valor do Produto Interno Bruto (PIB). 

“Santa Catarina é um estado com uma indústria pujante e a mais diversificada do Brasil. O setor está apto para a atender as demandas das Forças Armadas”, afirmou o presidente da FIESC, Mario Cezar de Aguiar, lembrando que o estado tem nove empresas estratégicas de defesa. Ele destacou ainda o trabalho realizado no âmbito do Comdefesa e disse que a construção das fragatas no estado vai desenvolver ainda mais a indústria naval. 

“O ciclo de estudos atingiu todos os objetivos propostos, tratando sobre defesa, infraestrutura, desenvolvimento e as perspectivas para o cenário pós-pandemia. As oportunidades de interação entre a defesa, a indústria e a academia são necessárias para promover transformações sociais e econômicas no país”, disse o comandante da Escola Superior de Guerra, almirante de esquadra, Wladmilson Borges de Aguiar.

Com informações da Fiesc.

 


Compartilhe:

<< Voltar