Dia dos Namorados deve aquecer vendas no início de junho em SC

Na hora de escolher o presente para o Dia dos Namorados o preço é o principal chamariz para as lojas em Santa Catarina, mas a busca por um bom atendimento passa a ser prioridade em várias cidades.

Conforme a Pesquisa de Intenção de Compras realizada pela Fecomércio SC, em Chapecó (35%), Criciúma (38%), Florianópolis (30%) e Lages (41%) o bom atendimento no balcão é o que garante a compra.

O gasto médio este ano é de R$ 178,53, variação de 2,7% em relação ao ano passado.

A percepção sobre a situação financeira pode pesar no valor gasto: 44,9% consideram que está melhor do que o ano passado, 33,2% apontaram que permanece igual e 21,8% acreditam que piorou.

“A recuperação da renda traz mais confiança para o consumidor, logo a expectativa é de variação positiva neste ano. Os dias que antecedem a data também são propícios para alavancar as vendas, impulsionadas pelo início do inverno, e fechar o primeiro semestre no verde”, avalia o presidente da Fecomércio SC, Bruno Breithaupt.

O principal destino dos consumidores deve ser o comércio de rua (62,8%). Em Chapecó o índice chega a 78,6%.

Os consumidores em Blumenau são os que mais pretendem comprar em shopping (35,7%), ultrapassando a média estadual (25,8%).

Roupas (47,8%), perfume/cosmético (18,6%) e calçados/bolsa (11,1%) devem liderar a lista de produtos mais procurados na véspera da data.

Além dos presentes, 41,7% afirmaram que estão programando almoçar/jantar em restaurante para comemorar a data.

A maioria dos consumidores quer comprar à vista. A opção em dinheiro foi a mais lembrada (65,4%), seguida pelo parcelamento no cartão de crédito (13,5%) e à vista no cartão de débito (10,0%).

Os dados foram apurados com 2.059 pessoas, entre os dias 14 e 23 de maio, nas cidades de Blumenau, Chapecó, Criciúma, Florianópolis, Joinville, Lages e Itajaí.

Veículo: Noticenter

Seção: Notícias