Fazenda espera crescimento maior da economia em 2017 e 2018

Veículo: Valor Econômico

Seção: Brasil 

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, afirmou nesta sexta-feira que a Pasta atualizou a previsão de crescimento para o Produto Interno Bruto (PIB) em 2017 para 1,1% - antes, a estimativa era de 0,5%. Em 2018, a nova projeção oficial é de 3% - antes, era de 2%. Segundo o ministro, os cálculos feitos pela Fazenda refletem o processo de redução de endividamento das empresas. “Em primeiro lugar, houve um processo de desalavancagem. Durante a recessão, elas estavam alavancadas, aumentaram nível de endividamento. Paralelamente, houve descompressão da politica monetária do Banco Central, que passou de política restritiva para política expansiva — ou seja, com juros reais mais baixos”, afirmou. Na avaliação de Meirelles, o processo de recuperação já levou empresas e pessoas a consumirem mais. Para 2018, o ministro afirmou que a nova previsão reflete o fato de o crescimento da economia gerar confiança no mercado, que também trabalha atualmente com expectativa de inflação controlada. “Temos conjugação de fatores positivos. Houve aumento grande da confiança na economia e isso ajuda no investimento. O aumento da confiança também ajudou no consumo e as reformas em andamento levam à possível queda dos juros estruturais“, disse.