Notícias

Inflação deve ficar abaixo do piso da meta, diz ministro do Planejamento

Veiculo: Folha de são Paulo.

Seção: Mercado.

O ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, afirmou nesta segunda-feira (2) que a inflação brasileira deve fechar este ano abaixo de 3%, ou seja, estourando a meta oficial de 2017.

A meta deste ano e do próximo é de 4,5 % de alta pelo IPCA, com margem de tolerância de 1,5 ponto percentual para mais ou menos. Se a inflação não ficar dentro desse intervalo, o presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn, terá de fazer uma carta aberta para explicar a falha em atingir a meta.

"O que estamos presenciando é um processo muito saudável de recuperação da economia brasileira... Por exemplo, inflação baixa que deve no ano ir abaixo de 3%", afirmou o ministro durante evento no Rio de Janeiro.

"As projeções para 2018 estão caindo e se aproximando de 4% e deixa espaço para processo de política monetária mais benigno", acrescentou.

Pesquisa Focus do BC, que ouve semanalmente uma centena de economistas, mostrou que as projeções de alta do IPCA deste ano estavam em 2,95% e de 4,06% para 2018.

O ministro também afirmou que não havia a necessidade de decidir agora sobre devoluções de recursos adicionais do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) à União em 2018. 



Compartilhe:

<< Voltar