Renner vai abrir mais dez lojas em 2016

Veículo: GBL Jeans

Ao todo a companhia tem planos de inaugurar 26 pontos até o final do ano, quatro a mais do que a previsão inicial.

Ainda que a receita líquida consolidada da Lojas Renner tenha crescido 1,8% sobre o terceiro trimestre de 2015, a empresa lucrou menos de julho a setembro de 2016. Faturou R$ 1,44 bilhão, lucrando R$ 84,9 milhões, 11,5% a menos que igual período do ano passado. Os resultados também foram menores do que os apurados no segundo trimestre do ano, quando receita e lucro foram maiores que os atuais. Mas, as perspectivas são de que o cenário seja mais favorável para as vendas no último trimestre.

Em conferência com analistas de mercado, a avaliação da companhia apontou que o terceiro trimestre de 2016 foi marcado por vendas menores devido a dois fatores externos, além do ambiente econômico: o menor fluxo de consumidores nos shopping centers durante o período dos Jogos Olímpicos e a temperatura mais baixa que se prolongou até o início de outubro. No plano interno, a operação foi impactada com a implantação do novo sistema ERP que durante agosto congelou as operações por 15 dias, voltando ao normal gradativamente até que toda a base de dados fosse migrada para o novo ambiente. Dessa forma, agosto foi o mês mais difícil.



No caso específico da varejista Renner, a maior operação da companhia, a receita de vendas de mercadorias somou R$ 1,16 bilhão, 0,6% a menos que igual período do ano passado, afetada pelo desempenho ruim de duas marcas do adulto feminino, cujos ajustes já estão em fase final, explicou aos analistas, Laurence Gomes, CFO da empresa. Entre as medidas teve a contratação de novos executivos para a área de desenvolvimento, alterações na equipe e melhorias no processo de interpretação das tendências, disse.

Os resultados das outras duas redes foram melhores. A receita da Youcom cresceu 17,7% para R$ 17,7 milhões, em relação ao terceiro trimestre de 2015, e a da Camicado subiu 15,6%, alcançando R$ 81,6 milhões ao final de setembro.

REVISÃO PARA CIMA
Com perspectivas melhores e boas oportunidades de mercado, a companhia reviu o plano inicial de abrir 60 lojas em 2016. Vai inaugurar quatro a mais que a meta. Manterá as 25 novas previstas da Renner, enquanto serão abertos 22 pontos da Youcom (dois a mais) e 17 da Camicado (dois a mais). De julho a setembro, foram inauguradas dez lojas, seis da Renner, o que ampliou a rede para 290 unidades; e outras quatro da Camicado que ficou com 76 pontos. A Youcom permaneceu com as 52 que tinha em junho. Ao todo, a companhia controla 418 lojas.

INVESTIMENTOS
Concluída a implantação do ERP, o nível do desembolso recuou para R$ 106,8 milhões, ante R$ 166,8 milhões do terceiro trimestre de 2015. Do total aplicado até setembro, R$ 42,3 milhões foram reservados à abertura de lojas. Nos primeiros nove meses do ano, a empresa abriu 38 lojas, ficando outras 26 para serem inauguradas até o final de dezembro.