Acima de 5% e abaixo de 6%

Veículo: Valor Economico 

Seção: Valor Investe 

A Pesquisa Focus, divulgada nesta segunda­feira, trouxe três projeções para a inflação de 2017. Duas delas subiram na comparação com a semana anterior. As três, porém, sustentam o patamar de 5%, o que é muito bom ante variação de 7,36% esperada para o IPCA de 2016 e nem tão bom para o cumprimento da meta de 4,5% que o Banco Central do Brasil pretende ver confirmada no ano que vem.

A projeção mediana do mercado para o IPCA de 2017 permaneceu cravada em 5,12% para uma taxa Selic de 11% e taxa de câmbio também inalterada de R$ 3,45. A mediana para o IPCA estimada pelo grupo TOP 5 Curto Prazo subiu de 5,05% para 5,17%, no contexto em que a taxa Selic também será de 11% e a taxa de câmbio, que era de R$ 3,52 caiu a R$ 3,50.

O maior ajuste de prognóstico ocorreu na mediana para o IPCA de 2017 e foi feito pelo grupo TOP 5 Médio Prazo, de 5,25% para 5,50%, mantendo uma mesma taxa Selic (de uma semana para outra) de 11,25% e taxa de câmbio em leve alta, passando de R$ 3,43 para R$ 3,50.