Lucro da dona da Zara sobe 6% no 1º trimestre fiscal

Veículo: Valor

Seção: Economia

MADRI - A espanhola Inditex, varejista que controla a rede de lojas Zara, registrou um avanço de 6% no lucro líquido do primeiro trimestre fiscal (encerrado em abril), para 554 milhões de euros, em relação ao mesmo período do ano anterior. O resultado foi beneficiado pelo aumento de 12% na receita do período, para 4,88 bilhões de euros, com as vendas continuando a subir em um ritmo sólido na maior varejista mundial de vestuário.

Os resultados superaram as expectativas do mercado. Os analistas ouvidos pela consultoria FactSet esperavam um lucro líquido de 547 milhões de euros e vendas de 4,84 bilhões. Além dos resultados do primeiro trimestre, a Inditex anunciou um crescimento de 15% nas vendas em lojas físicas e comércio eletrônico a taxas cambiais constantes entre 1º de maio e 13 de junho.

Os analistas atribuem o resultado à capacidade de resposta do modelo de negócio, que se adapta rapidamente à procura dos clientes. Entretanto, ao contrário do primeiro trimestre fiscal de 2015, quando as vendas da companhia foram impulsionadas pelo enfraquecimento do euro ante outras moedas, o oposto aconteceu neste ano. Desvalorizações da moeda em alguns dos mercados fora da zona do euro da empresa subtraíram 5 pontos percentuais das vendas no último trimestre. (Dow Jones Newswires)