Notícias

Novas tecnologias: a roupa será o computador

Imagine armazenar dados no tecido da roupa que você veste e poder transmitir essas informações por bluetooth para outra peça de vestuário. Pode parecer futuro, mas não é. No médio prazo, o vestuário poderá ter novas funções além de simplesmente vestir. “As novas tecnologias vão possibilitar que tecidos inteligentes armazenem diversos dados. Seu computador será a sua própria roupa. Em breve, passaremos a comprar roupas pelo que fazem e não pelo design e conforto”, alerta Rafael Cervone, presidente da Abit.

Essas e outras questões serão abordadas por especialistas nacionais e estrangeiros durante o Congresso Abit, que acontece nos dias 1 e 2 de junho, em São Paulo. Entre eles, Sundaresan Jayaraman (Georgia Institute of Technology), Edouard Macquin (Lectra) e Rene Wolferink (SPG Prints).

A programação do evento também inclui debates sobre a inovação por meio de materiais e em processos e, ainda, o desafio das empresas de chegar ao consumidor final. “As empresas têm que trabalhar cada vez mais com a co-criação, onde o usuário influencia o desenvolvimento do produto”, observa Cervone. “O novo modelo é produzir próximo ao consumidor, com mais eficiência e sob medida”, complementa.

O Congresso Abit vai abordar, ainda, temas de interesse do setor têxtil e de confecção como a manufatura avançada 4.0, os avanços da estamparia digital e inovação em modelos de negócios. “As semanas de moda já iniciaram uma pequena revolução, apresentando produtos na passarela que estarão disponíveis nas lojas logo depois”, aponta Cervone. “Tudo isso vai exigir mais velocidade e integração entre os elos da cadeia”.  

- Leia mais em: http://www.abit.org.br/noticias/novas-tecnologias-a-roupa-sera-o-computador#sthash.PucUZ0XK.dpuf



Compartilhe:

<< Voltar