Tecnologia sustentável gera economia para a indústria têxtil e chama atenção de investidores

Veículo: Segs 

Seção: Notícias. 

Processos biológicos ambientalmente sustentáveis aplicados ao tingimento de fibras propiciam mais qualidade ao produto final e redução de 35% na geração de resíduos químicos, 30% no consumo de água e 20% de energia

A Akmey Brasil desenvolveu uma solução inovadora e ambientalmente sustentável que conquistou espaço na indústria têxtil e já chama a atenção de investidores. A indústria, com sede na cidade de Indaial (SC), lançou processos de biopreparação, bioalvejamento e tingimento simultâneo de fibras celulósicas (fabricadas a partir da celulose) com utilização de enzimas, que traz uma série de vantagens qualitativas. Além de os produtos tratados apresentarem melhor acabamento, brilho e durabilidade, as plantas industriais registram redução de até 35% na geração de efluentes, no consumo de energia elétrica (20%) e água (30%), além de permitir um ganho de até 30% em hora-máquina.

A novidade trazida pela solução da empresa e sua perspectiva de crescimento de mercado chamou atenção da equipe da INSEED Investimentos, gestora de recursos focada em empresas inovadoras, que acaba fazer um aporte por meio do FIP INSEED FIMA, primeiro fundo de Venture Capital do Brasil destinado ao segmento de inovação aplicada ao meio ambiente. O valor investido será aplicado na sustentação aos planos de crescimento e ao desenvolvimento de novas tecnologias. Além disso, a Akmey passa a contar com o suporte da equipe de aceleração da INSEED para contribuir com a dinâmica da gestão da empresa.

Como funciona

A Akmey conta com diferentes compostos enzimáticos, que são aplicados em todas as etapas do beneficiamento, desde a desengomagem, passando pela purga (limpeza a úmido), alvejamento, tingimento e até a lavagem/acabamento. A equipe de especialistas da empresa, que conta com profissionais com know how tanto na área de aplicação têxtil quanto em processos de fabricação e enzimático, estabelece uma formulação específica para atender às necessidades de cada linha de produção em que a solução é aplicada. Vale considerar que cada composto cumpre uma função, tais como redução do tempo, do consumo de água e temperatura nos processos, rápida desengomagem, melhoria no brilho, qualidade do tecido e alvejamento, entre outros.

Coteminas

A Coteminas, fabricante de produtos têxteis comercializados com marcas de renome, tais como Casa Moysés, Mmartan, Artex, Santista, entre outras; é uma das companhias que já colhe resultados positivos com essa solução. A indústria tem a política de busca contínua de desenvolver novos processos e tecnologias afim de incrementar cada vez mais a qualidade final dos artigos, já reconhecida no mercado. Por conta disso, em 2010, a equipe da unidade Natal, situada na cidade de São Gonçalo do Amarante (RN), cidade a 14 km da capital potiguar, passou a contar com a parceira da Akmey, que implementou um sistema de beneficiamento de fibras na planta industrial local, na qual são processados atualmente mais de 4 milhões de metros de tecido por mês.

A Coteminas não divulga dados mas, com o processo implementado, foram observadas melhorias na qualidade final dos tecidos beneficiados, além da redução no tempo de beneficiamento, redução na quantidade de insumos utilizados (água, energia, químicos etc) e dos resíduos, além da melhoria substancial na qualidade da água que passa pela ETE – Estação de Tratamento de Efluentes. Um dos destaques ficou por conta da redução de 45 graus de temperatura e 20 minutos no tempo de processamento nos vaporizadores, bem como na diminuição do uso de componentes químicos (como soda cáustica e peróxido de hidrogênio, por exemplo) usados no alvejamento. Além do impacto causado por conta da menor quantidade de energia empregada, vale ressaltar que é utilizada a técnica de alvejamento contínuo e nessa etapa não há geração de resíduos. Agora, a Coteminas já estuda adaptar esses processos industriais para serem implementados segundo a realidade das unidades de Blumenau (Santa Catarina) e João Pessoa (Paraíba) em fios e tecidos felpudos.

Quotes:

Mônica Cursino, Gerente de Desenvolvimento de Processos da Coteminas:

“Já temos por política buscar processos que agreguem eficiência e que tenham impacto positivo em termos de sustentabilidade ambiental. A solução encontrada em parceria com a Akmey é uma inovação radical em biotecnologia têxtil e veio de encontro à essa necessidade de agregar tecnologia para incrementar ainda mais o resultado final de um produto de qualidade já reconhecida no mercado. Além disso, o atendimento, serviço pós-venda, troca de informações e suporte técnicos da Akmey são fatores que sustentam nossa relação técnica/comercial”.

Gustavo Junqueira, diretor da INSEED Investimentos:

“Há uma demanda crescente por inovação que agregue valor e resolva a equação de gerar resultado e ser ambientalmente sustentável. O know how da equipe da Akmey aplicado ao uso de enzimas representa outra rota de processo de beneficiamento de fios e tecidos, tecnicamente muito diferente da rota química normalmente utilizada. É uma alternativa com ampla capacidade de aplicação no setor têxtil”.

Alexandre Cezar Aragão, CEO da Akmey:

“A parceria com a INSEED Investimentos traz à Akmey a possibilidade de alcançar um novo patamar dentro da cadeia produtiva da indústria têxtil. A atuação conjunta na gestão e tomada de decisões estratégicas serão fundamentais para a expansão e aumento de presença da companhia no mercado”.

Sobre oFIP INSEED FIMA

O FIP INSEED FIMA – Fundo de Inovação em Meio Ambiente é o primeiro fundo destinado ao segmento de Inovação Tecnológica aplicada ao meio ambiente do Brasil. Gerido pela INSEED Investimentos, o Fundo tem R$ 165 milhões de capital comprometido, captados junto a investidores como o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), fundos de pensão e investidores privados. A perspectiva é de efetuar aporte de capital em 15 empresas do setor de tecnologias limpas com faturamento de até R$ 20 milhões/ano.

A estratégia do FIP INSEED FIMA contempla três eixos de investimento: Soluções Ambientais (Gestão e Recuperação de Resíduos Sólidos, Reuso e Tratamento de Água e Efluentes, Descontaminação do Solo e Recuperação de Paisagens e Despoluição do Ar e Redução da Poluição Sonora), Tecnologias Avançadas (Gestão e Uso Sustentável de Energia, Materiais Alternativos, Construções Verdes e Agropecuária Sustentável) e Novos Modelos (Serviço de Logística e Mobilidade Urbana, Eco-franquias e Novos Projetos e Desenho de Produtos e Serviços Sustentáveis).

Sobre a INSEED Investimentos

A INSEED Investimentos é uma gestora de recursos focada em empresas inovadoras com alto potencial de crescimento. Foi criada em 2009 a partir de uma spin-off do Instituto Inovação S/A, grupo que atua desde 2002 no segmento de inovação tecnológica, acelerou cinco empresas de base tecnológica e presta serviço para grandes empresas, governos, instituições e universidades, com objetivo de estabelecer um elo entre desenvolvimento científico e mercado. Entre suas iniciativas está a co-gestão do Fundo Criatec, maior fundo de capital semente do Brasil, com R$ 100 milhões de capital comprometido e que tem o BNDES e o BNB como cotistas. O Fundo Criatec investiu em 36 empresas e formou a principal carteira de S/As de inovação no segmento de pequenas e médias empresas do País.Desde 2012 a INSEED gere o FIP INSEED FIMA, o que totaliza R$ 265 milhões sob gestão.

Sobre a Akmey

A Akmey Brasil é uma indústria especializada no desenvolvimento de produtos ecologicamente corretos para o beneficiamento de fibras têxteis e na prestação de serviços para indústrias, bem como no incremento da qualidade e otimização de recursos e insumos. Fundada em 2003, a empresa com sede em Indaial (SC), parceira de centros de pesquisas e universidades nacionais e internacionais, conta com uma equipe que alia o domínio da aplicação têxtil e dos processos de fabricação e enzimático para estabelecer as formulações biotecnológicas mais adequadas à realidade de cada unidade produtiva da indústria têxtil, em substituição de processos químicos tradicionais