OCDE afirma que perspectiva para economia brasileira está piorando

Veículo: Folha de São Paulo. 

Seção: Mercado. 

A perspectiva para a economia brasileira está piorando, disse a OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico) nesta terça-feira (8).

Em um índice econômico onde 100 representa a média de longo prazo, a organização informou que o Brasil caiu para 97,7 em janeiro, contra 97,8 em dezembro e novembro. A avaliação para a Rússia também é ruim, complementou.

Segundo a OCDE, as principais economias avançadas estão vendo as taxas de crescimento desacelerarem enquanto a perspectiva se estabiliza na China. A organização sediada em Paris informou que seu indicador de janeiro, que tem o objetivo de capturar os pontos de virada econômicos, mostrou "sinais de enfraquecimento do crescimento" nas 34 economias avançadas que pertencem ao clube.

A análise ocorre poucos dias após a divulgação de que o PIB brasileiro teveretração de 3,8% no ano passado, no pior resultado desde 1990.

O quadro recessivo da economia brasileira se manteve no fim do ano, segundo o IBGE. O PIB teve uma queda de 1,4% no quarto trimestre em relação ao terceiro trimestre do ano passado, a quarta baixa consecutiva. Frente ao mesmo período de 2014, a queda foi de 5,9%.

A perspectiva para 2016 também é ruim. Segundo economistas e instituições financeiras ouvidos em pesquisa semanal do Banco Central, o PIB brasileiro deve recuar 3,5% neste ano. Já a inflação deve chegar a 7,59%.