Notícias

Startup Repassa: além do brechó, além do próprio lucro

Veículo: Moda e Ética

Seção: Notícias

A startup Repassa é mais que um brechó online em que você encontra de tudo e com muita comodidade. Nascida em São Paulo e idealizada pelos sócios Tadeu Almeida e Willian Arantes, a Repassa é uma plataforma que une rede social e muitas lojas de objetos usados ou novos, via marketing multinível e as funcionalidades de um excelente marketplace. Em outras palavras: você pode ter sua loja online de roupas usadas (e outros objetos novos ou não) e lucrar inclusive com as vendas das lojas dos outros. Interessante, não é?

Como funciona?

Nós conversamos com um dos sócios, o Tadeu, que explicou direitinho como funciona. Vamos lá, passo-a-passo:

Para ter sua loja online você precisa ter sido convidado/a por outra pessoa que já tem uma loja no Repassa OUUU ter adquirido um dos produtos de alguma loja;
Você começa a montar sua loja, cadastrando fotos de produtos bacanas que não usa mais e gostaria de repassar para outra pessoa, como roupas, acessórios e produtos de decoração. Você coloca o preço em cada um deles;
Uma quantidade boa de produtos à venda é entre 20 a 30 (mas pode ser menos). Não há um valor base ou teto, mas navegando pelo site a gente vê que o preço médio está abaixo de 100 reais;
Se você ficar meio perdido quanto ao quê vender, como vender, não tem problema porque o site conta com uma curadoria que te ajuda a tornar a sua loja viável;
Tudo legal, tudo pronto para funcionar. Os usuários não pagam nada para participar e nem para anunciar seus produtos. Então, eis que alguém compra um produto da sua loja. E agora?
Bem, a pessoa terá usado a conta no PayPal (coisa que hoje em dia todo internauta tem), parte do valor vai para você, e uma comissão de 17% mais taxa de R$1,99 sobre cada produto vendido vai para o Repassa. Esta é a forma que o site encontrou de ser monetizado por todo o serviço que oferece;
Mas que serviço? Parece que a pessoa está perdendo 17% e perdendo R$1,99 sobre o valor de cada produto…;
Calma. Aqui vem a mágica da coisa. Você pode convidar seus amigos para terem uma loja no Repassa e quando alguém compra algum produto na loja dos seus amigos, você recebe 1% sobre o valor de cada compra. Isso pode ser feito até em 07 (sete) níveis, isto é: lucrar com a venda dos produtos de gente que você nem conhece, que são os (7º nível) amigos dos (6º nível) amigos dos (5º nível) amigos dos (4º nível) amigos dos (3º nível) amigos dos (2º nível) amigos de (1º nível) você. Ufa!
Fazendo uma matemática simples, vamos supor que você convide 5 amigos, e esses convidam mais 5 cada um. Você contará com mais de 97 mil pessoas repassando 1% do valor por item vendido. Aí vale a pena… Imagine que cada produto vendido valesse 100 reais… 1 real de 97 mil pessoas é um dinheirinho bom!

É como se todo mundo retribuísse uns aos outros pelas compras que são feitas. De acordo com Tadeu:

Retribuir é um gesto natural, inspirador e contagiante, sendo assim, deve ser estimulado em todos os setores da sociedade.

Navegando pelo site

Ainda há alguns filtros que podem ser melhorados para localizar mais rapidamente um produto, mas isso são ajustes que vem com o tempo e o retorno do usuário. Resumidamente, nós podemos tanto comprar na loja de alguém, quanto selecionar uma categoria de produtos, quanto ainda selecionar uma marca em especial.

Nossa experiência de compra

Não satisfeitos com a explicação, ainda fizemos uma compra pra ver se funciona mesmo (essa desconfiança é muito típica de mineiros, não à toa que Belo Horizonte é uma das praças de teste de produtos no Brasil. O primeiro Carrefour e o primeiro McDonald’s do país surgiram antes em BH, pois se um negócio é testado e dá certo lá, dá certo no Brasil todo).

Bem, nós compramos o livro do Projeto Carol Buffara por apenas R$15,00 (pois é, e ainda compramos livro, que é uma coisa não tem P/M/G e portanto vai servir de todo jeito) e ele chegou em poucos dias, lacrado, novinho, tudo perfeito, super pechincha, o valor foi debitado da conta no PayPal, e todo o processo foi super seguro e eficiente.

Test-drive

Ao adquirir o livro, recebemos um código, que pode ser dado como convite a todos os leitores do Moda Ética para fazerem um “test-drive” montando suas lojas no Repassa. A saber e copiar:

O futuro

Com um investimento de R$100.000,00 dos sócios, o Repassa prevê, para os próximos 12 meses, atingir o volume de 3 milhões de membros, movimentar mais de 300 mil vendas e repassar mais de R$ 2 milhões aos usuários. Para este primeiro ano de atuação, a empresa prevê faturar cerca de R$ 3 milhões.

Segundo levantamento do SEBRAE Nacional, o número de pequenos negócios no comércio varejista de artigos usados cresceu 210% nos últimos cinco anos no Brasil. “Há uma mudança cultural do brasileiro em relação a esse modelo de venda. Aos poucos, as pessoas estão buscando um estilo de consumo mais sustentável, inclusive, procurando repassar os itens que não são mais tão úteis”, acrescenta Tadeu.



Compartilhe:

<< Voltar