Empresas querem revisão de norma de segurança sobre uso de máquinas