Federações Industriais defendem a nova lei