Trabalhadores da Sulfabril recebem carta de demissão

 

Veículo: Jornal de Santa Catarina

Seção: Economia

Um dia após a Justiça determinar o fechamento da massa falida da Sulfabril os trabalhadores receberam ontem as cartas de demissão. Dos cerca de 600 funcionários, apenas alguns serão mantidos. Em clima de tristeza, os trabalhadores participaram de duas reuniões com o síndico da massa falida, Celso Zipf, que explicou os motivos que levaram ao fechamento da empresa. Tanto o síndico quanto os trabalhadores se emocionaram. Amanhã os funcionários deverão levar a carteira de trabalho e fazer o exame médico demissional na própria empresa. Com dívidas acumuladas – no ano passado o prejuízo foi de R$ 13 milhões –, a produção estava parada há quase duas semanas.

Quarta-feira da semana que vem serão feitas as rescisões dos contratos de trabalho. A Justiça determinou que sejam pagos integralmente os valores correspondentes ao FGTS e multa. Das verbas rescisórias serão depositadas apenas 50%.

Também na sexta-feira será feito o segundo leilão de imóveis menores da Sulfabril. Será às 14h, no Fórum de Blumenau. Na sequência, às 14h30min, uma reunião aberta entre a juíza responsável pelo processo, Quitéria Tamanini Vieira Peres, o Ministério Público e Zipf irá esclarecer os próximos passos da ação de falência que completou 15 anos em setembro.