Banco Central Europeu diz que vai manter juros baixos na zona do euro

 

Veículo: Folha de São Paulo

Seção: Economia

O BCE (Banco Central Europeu) vai manter as taxas de juros baixas e está pronto para tomar medidas não convencionais adicionais se as expectativas de inflação não melhorarem, disse o presidente da autoridade monetária, Mario Draghi, nesta quarta-feira (12).

Em conferência em Roma, Draghi disse que a combinação do BCE de juros muito baixos e expansão de balanço criou "um grau sem precedentes de acomodação monetária".

Ele disse que o BCE tomaria "mais medidas não convencionais no caso de as expectativas de inflação de médio prazo piorarem ou se as medidas já decididas se mostrarem insuficientes".

No entanto, ele disse que a política monetária sozinha tem efeito limitado e, para que os efeitos sejam sentidos na economia real, bancos precisam fazer mais para ajudar os empréstimos. Os governos também precisam encorajar reformas e fazer as reformas estruturais necessárias para melhorar a competitividade e cortar o desemprego.

"Está claro que as políticas dos lados da demanda e da oferta são necessárias", disse.