Notícias

Turnê do Mercado Têxtil SC foi um sucesso

 

Com o objetivo de estreitar o relacionamento entre compradores de todo o Brasil e as indústrias têxteis da região, evento contou com 10 empresas e cerca de 140 participantes.

 

O Sintex – Sindicato das Indústrias de Fiação, Tecelagem e do Vestuário realizou de 28 de julho a 1º de agosto, a segunda TMT – Turnê do Mercado Têxtil SC. Mais uma vez, o evento promoveu de maneira bem sucedida a aproximação entre empresas e clientes, com visitas aos showrooms e às fábricas de dez indústrias têxteis da região: Atlântica, Bella Janela, Bouton, Buettner, Buddemeyer, Döhler, Fibrasca, Hedrons, Karsten e Lepper.

 

Cerca de 140 participantes, de 14 estados brasileiros, estiveram na turnê. O número é um pouco maior do que o da primeira edição e está dentro do previsto para o evento, que tem o objetivo de permitir atendimento personalizado e contribuir para estreitar o relacionamento entre as indústrias e seus compradores. Orlando Fonseca, da Tecidos e Cia., que conta com oito lojas em Fortaleza (CE), participou da primeira TMT e voltou graças aos bons resultados obtidos no evento de estreia. “Está tudo muito bem organizado e diria que até melhor do que a primeira edição. O roteiro ficou menos cansativo e também foi bom contar com as novas empresas integrantes do projeto. As compras foram muito boas”, afirmou.

 

Darcy Junior Lugão dos Santos, da Lugão Comercial, que tem quatro lojas no Espírito Santo, também acredita que o formato da TMT vai permanecer e o evento prosperar. “O acesso a quem decide e está preparado para o atendimento é um importante diferencial da turnê. Aqui temos tempo para fazer bons negócios e obtemos a atenção necessária dos profissionais, diferente de um ambiente de feira”, comentou.

 

Empresas

 

Para as indústrias que participam da TMT o evento também está sendo produtivo. Suellen Geromel, da área de marketing da Lepper, afirma que a turnê é uma ótima iniciativa. “A TMT permite um atendimento qualificado, com a atenção que o cliente merece. Ela oferece tranquilidade, flexibilidade e exclusividade no atendimento. Os negócios realmente acontecem, a maioria dos participantes efetivamente fecha pedidos durante a visita”, afirmou.

 

A Bouton que aposta no projeto diferenciado da TMT desde a primeira edição também está satisfeita. “Neste formato temos a oportunidade de dar mais atenção ao cliente e desenvolver melhor o relacionamento”, afirma Sérgio Lombardi. A estimativa de Bouton, segundo ele, é de ter um volume de negócios 30% maior do que na primeira TMT.

 

O Sintex também comemora os bons resultados que o formato inovador do evento traz. “A TMT superou as expectativas. Observamos que quem vem para o evento vem para fechar negócios, o que é extremamente positivo, e chegando aqui encontra o ambiente certo, conhecendo as empresas, o que está por trás dos produtos, nossa mão-de-obra, qualificação”, destaca o diretor executivo do Sintex, Renato Valim.

 

Para o presidente do Sintex, Ulrich Kuhn, a TMT representa a solidificação e o fortalecimento da indústria catarinense. “Por meio da turnê, reforçamos a marca têxtil de Santa Catarina, nossa qualidade, profissionalismo e seriedade”, salienta.

 

O desafio, segundo Valim, é agregar mais empresas para integrar o projeto, respeitando a capacidade do evento de efetuar atendimentos personalizados e qualificados. A próxima edição da TMT está programada para fevereiro de 2015.

 

Confira depoimentos dos participantes:

 

“Já estivemos na primeira edição e tivemos bons negócios. Aqui o atendimento é diferenciado e podemos ver melhor as opções de produtos, a produção, os detalhes, diferenciais de cada empresa.” – Vinícius Pessanha Barreto, da Ponto e Linha (Campo de Goytacazes, RJ)

 

“É muito bom este contato próximo e a troca de experiências que a TMT promove, inclusive com outros compradores. Outro ponto positivo é a possibilidade de conhecer as fábricas, a linha de produção, o showroom e as tendências que estão sendo lançadas.” – Guilherme Franklin Secchin, da Casa Franklin (Juiz de Fora, MG)

 

“Nosso grupo gosta dessa forma amiga de negociar, dessa proximidade com o cliente e da capacidade de individualizar o atendimento.” – Quilian Miguel Rausch, da empresa Hedrons, que integra a TMT desde a primeira edição.

 

“O agendamento e a exclusividade no momento do atendimento é um importante diferencial da TMT. Assim, eliminam-se interrupções e permite-se intensificar o relacionamento com os fornecedores. O tratamento no evento é muito bom!” – Matheus Raposo, do Magazine Goiás (Divinópolis, MG)

 

“Durante a TMT temos a oportunidade de deixar o relacionamento com os fornecedores mais ´redondo´. Aqui temos a oportunidade de estreitar os laços e resolver possíveis problemas com mais facilidade.” – Felipe Junqueira, da Evolução (São José do Rio Pardo, SP)

 

“É muito bom poder conhecer bem os produtos, as coleções de cada empresa. Na TMT também podemos negociar com um atendimento mais qualificado.” – Pablo Pacheco, da Santa Terezinha, que tem 14 lojas no Espírito Santo.

 

“Esta foi nossa primeira experiência na TMT e foi muito positiva. Pudemos oferecer um atendimento completo, dar atenção aos clientes, que percebemos estarem bem focados em fechar negócios.” – Sílvio Brandenburg, da empresa Fibrasca.

 

“A segunda TMT foi tão boa quanto a primeira. À medida que o evento evolui os clientes vão entendendo melhor todo o potencial da turnê  e os resultados são bons para todos. A organização mais uma vez estava muito bem feita e este planejamento para atender os clientes com carinho e atenção é muito importante, pois eles percebem como são valorizados.” – Rafael Buddemeyer, da Buddemeyer

 

“Estamos muito satisfeitos com a 2ª TMT. Tivemos visitas de um número maior de clientes do que na primeira edição e a gente gosta de estar junto com nossos clientes, de recebê-los na nossa casa. Como o segundo semestre normalmente já é melhor e com  estes bons resultados do evento, esperamos que o volume de negócios fechados na TMT também seja acima do registrado na primeira edição.” – Andréa Duwe, da Bella Janela

 

“Percebemos que o cliente já veio mais preparado para as compras nesta edição e tivemos um número maior de visitas. Pelas nossas estimativas, 70% dos clientes que nos visitaram já saíram com negócios realizados.” – Rosimar Comandolli, da Atlântica

 

“O volume de negócios está dentro do previsto e a TMT alcançou nossas expectativas. A logística foi excelente e merece destaque dentro deste formato de evento.” – Edicarlos Teske, da Buettner



Compartilhe:

<< Voltar