ITV dos EUA e UE sem barreiras

 

Veículo: textile Industry

Seção: Economia

Ambos os lados nas conversações da Parceria Transatlântica de Comércio e Investimento (T-TIP na sigla em inglês) devem acordar no acesso sem taxas para todos os produtos têxteis e de vestuário, segundo as duas principais associações. Com a quarta ronda de negociações em Bruxelas, a American Apparel and Footwear Association (AAFA) e a Euratex (Confederação Europeia de Têxteis e Vestuário) escreveram uma carta conjunta ao Representante de Comércio dos EUA e ao Comissário Europeu do Comércio Karel de Gucht.

«É nossa esperança e firme convicção que a T-TIP tem o potencial de ajudar as indústrias de vestuário europeia e americana a crescer e criar milhares de novos postos de trabalho na Europa e nos EUA para suportar esse crescimento», escreveram Steve Lamar, vice-presidente-executivo da AAFA, e Francesco Marchi, diretor-geral da Euratex.

«As taxas, contudo, agem como um grande impedimento para atingir esse objetivo. Pelo contrário, as taxas impedem que a indústria dos EUA e da Europa trabalhem em conjunto para atingirem este objetivo», acrescentam. Os dois sublinham que, para além de eliminar as taxas em todos os produtos têxteis e de vestuário, o acordo deve harmonizar e simplificar as regras e regulamentos que governam o comércio de vestuário na Europa e nos EUA.