CNI: 17 setores da indústria faturaram mais em dezembro

Veículo: Estado de São Paulo

Seção: Economia

A alta do faturamento real da indústria em 2013 ante 2012 ocorreu na maioria dos setores da indústria de transformação, segundo dados divulgados nesta quarta-feira, 5, pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). Dos 21 setores pesquisados, 17 apresentaram crescimento.

A maior alta foi na área de máquinas e materiais elétricos, com 17,7%. Em seguida, aparece madeira, com 12,2%. Por outro lado, mostraram queda bebidas (14,3%), impressão e reprodução (9,0%) farmacêuticos (5,1%) e móveis (2,4%).

O indicador de emprego também subiu na maior parte dos setores: em 14 de 21. Houve queda nos setores têxtil, impressão e reprodução, derivados de petróleo e biocombustíveis, minerais não metálicos, metalurgia, produtos de metal e produtos diversos. As horas trabalhadas, por outro lado, recuaram na maioria dos setores: em 11 dos 21.

Apresentaram recuo na comparação com o ano anterior os seguintes setores: alimentos, têxteis, impressão e reprodução, derivados de petróleo e biocombustíveis, químicos, farmacêuticos, minerais não metálicos, produtos de metal, outros equipamentos de transporte, móveis e produtos diversos.