Notícias

Sintex pede apoio da bancada catarinense para dar fim à multa de 10% sobre o FGTS

Em nome das cinco mil empresas que representa, o Sintex encaminhou na última sexta-feira (26) um ofício à bancada catarinense, em Brasília, solicitando a derrubada do veto da presidente Dilma Rousseff ao PLP nº200/2012. O projeto estabelecia prazo para a extinção da cobrança da multa de 10% sobre o saldo do FGTS paga pelos empregadores em casos de demissões sem justa causa. No documento, o Sintex destaca que a continuidade da cobrança é não apenas ilegal atualmente, mas, sobretudo, vai contra a tão esperada retomada da competitividade de indústria nacional.

“Consideramos um absurdo manter esta cobrança adicional, que nada mais é que um aumento de carga tributária e receita adicional aos cofres do governo, sem nenhuma justificativa legal”, destaca o presidente do Sindicato, Ulrich Kuhn, acrescentando que o fim da multa não traz prejuízos aos trabalhadores. O executivo afirma que haverá uma movimentação forte das entidades empresariais para derrubar este veto e que o Sintex está alinhado a outras entidades, como a CNI – Confederação Nacional da Indústria.



Compartilhe:

<< Voltar