Texfair poliglota

Veículo: Jornal de Santa Catarina
Seção: Mercado Aberto

Buscar expositores internacionais não deixa de ser uma boa alternativa para manter a Texfair Home viva e forte. Com a crise financeira na Europa, fabricantes de lá miram ainda mais no mercado externo e o Brasil aparece como uma das melhores alternativas.

A forte presença dos estrangeiros é uma das marcas dessa edição da feira. Eles ocupam praticamente um terço do evento e vão transformar a Vila Germânica em uma vila multilíngue. A dúvida que fica: estarão hoteleiros, taxistas e restaurantes preparados para receber cada vez mais visitantes que não dominam a língua portuguesa?