Obstáculos à recuperação da indústria em 2013

 

A Confederação Nacional da Indústria (CNI) vem apontando que 2012 foi "um ano perdido" para o setor de transformação. Dados regionais sobre a produção física, calculados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mostraram a extensão da queda do setor secundário no ano passado. Não bastassem os resultados negativos, cabe confrontar o otimismo de alguns analistas relativo a este ano com alguns obstáculos a uma recuperação mais vigorosa da indústria.
 
Comparando 2011 e 2012, a CNI constatou uma queda de 1,5% no número de horas trabalhadas (entre novembro e dezembro, a queda foi de 8,8%) e de 0,2% no emprego industrial. De fato, o faturamento real aumentou 2,4% na comparação anual, mas caiu 5,2% entre novembro e dezembro. E a massa salarial crescia 5,1% reais, na comparação anual, e o rendimento médio real, 5,3%.
 
Confira mais detalhes em http://ads.tt/bMoBOQ