Deputado diz que erros de gestão levaram Petrobras a crise



O deputado Jutahy Júnior (PSDB-BA) criticou nesta quinta-feira (23) a crise enfrentada pela Petrobras.

De acordo com a Agência Nacional do Petróleo (ANP), as importações de petróleo leve subiram 53% de 2009 para 2011, saltando de US$ 9,2 bilhões para US$ 14,1 bilhões. A compra de derivados aumentou ainda mais: 248% no mesmo período. Além disso, a empresa sofreu prejuízo de R$ 1,346 bilhão no segundo trimestre, o pior resultado em 13 anos.

Jutahy destacou o histórico da estatal, começando pela sua criação, em 1953, com a sanção da lei pelo então presidente Getúlio Vargas.

“Do ponto de vista dos interesses nacionais, a criação da Petrobras foi seguramente uma vitória. Símbolo do nacionalismo econômico e político, a companhia iria ampliar extraordinariamente o campo de suas atividades nas décadas seguintes, tornando-se uma das maiores empresas do Brasil e do mundo”, disse.

Entretanto, após décadas de desenvolvimento tecnológico, a empresa encontra-se em uma fase ruim, lamenta o deputado. “A produção diminuiu e a empresa apresentou pela primeira vez em décadas prejuízo”, afirmou.

O tucano destacou a redução da meta de produção até 2016. No plano anterior, a proposta era chegar a 4 milhões e 910 mil de barris diários em 2020, mas o objetivo caiu para 4,2 milhões.

A defasagem da estatal em suprir a demanda do mercado interno resulta na importação de 23% da gasolina e 24% do diesel consumidos no país, alerta Jutahy.

“Os péssimos resultados não são somente decorrentes dos graves erros de gestão, mas também fruto de decisões governamentais populistas, do aparelhamento da empresa e do maior crime cometido contra a economia: a mudança do Marco Regulatório do Petróleo no governo Lula”, completou.

Fonte: Tribuna da Bahia