Liberado crédito de R$ 6,7 bi subsidiado para 20 setores da economia

Veículo: Valor Econômico
Seção: Brasil



BRASÍLIA - Publicada na edição desta segunda-feira do "Diário Oficial da União" a resolução 4.108 do Conselho Monetário Nacional (CMN), que cria linha de R$ 6,7 bilhões em crédito subsidiado para exportação e investimento de 20 setores da economia, com recursos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

A decisão foi tomada pelo CMN na quinta-feira, em sessão extraordinária, contemplando os setores têxtil; de artigos de vestuário e acessórios; couros; calçados; madeira e vime; pedras ornamentais; frutas; fertilizantes e defensivos agrícolas; cerâmicos; material eletrônico e de comunicações; equipamentos de informática e periféricos; peças e acessórios para veículos automotores; serviços de tecnologia de informação; processados de plástico; brinquedos; bens de capital (exceto veículos); material médico e óptico; tecnologias para deficientes.

A taxa de juros é de 8% ao ano, com prazo de reembolso é de até oito anos, incluindo três anos de carência para o capital principal nos investimentos.

Ou três anos de reembolsos de financiamentos à exportação, com 18 meses de carência, segundo a resolução. O limite de desembolsos é de R$ 150 milhões por grupo econômico, com prazo de contratação até 31 de dezembro de 2013.

(Azelma Rodrigues | Valor)