Notícias

Brasil tentará convencer a China a segurar vendas

Veículo: Valor Econômico
Seção: Brasil
Página:

Uma delegação do governo brasileiro estará hoje em Pequim para discutir comércio e investimentos. Segundo uma fonte do governo, a delegação quer, na prática, pedir para a China "segurar" um pouco o ritmo de suas exportações para o mercado brasileiro, concentradas em confecções e produtos têxteis chineses.

Pouco antes de partir de Doha, no Catar, com destino a Pequim, para participar das negociações, o secretário-executivo do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio, Alessandro Teixeira, negou que o país queira negociar um acordo de restrição voluntária de exportações chinesas de têxteis, o que dispensaria Brasília de aplicar a salvaguarda pedida pelo setor. O Brasil fez esse tipo de acordo com a China em 2006, mas não funcionou.

O Brasil já aplica várias sobretaxas antidumping contra produtos chineses, mas vem sendo acusado de que estaria no caminho protecionista da Argentina. A Câmara de Comércio Internacional, que representa milhares de empresas, aponta o Brasil como o mais protecionista no G-20.


Compartilhe:

<< Voltar