Notícias

Commodities Agrícolas

Veículo: Valor Econômico
Seção: Empresas
Página:


Demanda incerta Em meio ao cenário caótico na Europa, os futuros do algodão foram também afetados ontem por especulações de que a China vai reduzir compras da pluma diante da insegurança com a economia global, segundo a Bloomberg. Os contratos para março encerraram o dia a 92,31 centavos de dólar por libra-peso, em desvalorização de 150 pontos. De acordo com a Comissão de Supervisão e Administração de Ativos da China, o país asiático tem comprado cerca de 1 milhão de toneladas no mercado doméstico para suas reservas. "A China tem estado ativa nas últimas semanas e pode estar 'descansando'. Outros demandantes parecem estar fracos no momento", disse Jack Scoville, da Price Futures, de Chicago. No mercado interno, o indicador Cepea/Esalq para a pluma fechou em alta de 0,20% a R$ 1,67 a libra-peso.  



Compartilhe:

<< Voltar