Hering lidera ganhos do Ibovespa com crescimento das vendas

Veículo: Revista Exame
Seção: Vestuário
Página:

Mario Rodrigues

Fachada de loja da Hering

A ação da Henring subia 2% para R$ 32,48

São Paulo - A Cia. Hering, segunda maior varejista de vestuário do Brasil, liderava os ganhos entre os membros do Ibovespa após divulgar crescimento de 35 por cento receita bruta e revelar um novo plano de expansão.

A ação subia 2 por cento para R$ 32,48 às 13:52, a maior alta entre os 68 membros do principal índice da bolsa, que também recuava 2 por cento.

“O desempenho consistentemente acima do mercado da Hering, e melhora do plano de expansão, nos deixa confortáveis com nossas estimativas, inclusive, nos dá espaço para uma revisão para cima”, disseram as analistas Juliana Rozenbaum e Francine Martins, da Itaú Corretora de Valores SA, em nota enviada a clientes hoje. O preço alvo em 12 meses do Itaú para a ação da Hering é de R$ 42,70.

A companhia elevou de 71 para 86 o número de lojas que planeja abrir este ano no Brasil, segundo comunicado enviado à Comissão de Valores Mobiliários em 14 de outubro.

No terceiro trimestre, a varejista também registrou 9 por cento de aumento nas vendas totais no critério “mesmas lojas” em comparação com o período do ano anterior, abaixo dos 12 por cento previstos pelo Itaú. O crescimento das vendas totais “mais do que compensa as vendas fracas no critério “mesmas lojas”, segundo Rozenbaum e Martins.