Inflação pelo IGP-M dobra, atacado e varejo aceleram

Veículo: O Estado de São Paulo
Seção: Notícias
Página:

A inflação medida pelo Índice Geral de Preços do Mercado (IGP-M) dobrou, pressionada tanto pelo atacado quanto pelo varejo, com destaque para os alimentos.

O indicador teve alta de 0,43 por cento na primeira prévia de setembro, ante 0,22 por cento em igual período de agosto, informou a Fundação Getúlio Vargas (FGV) nesta sexta-feira.

O Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA) subiu 0,49 por cento nesta leitura, contra avanço anterior de 0,28 por cento.

O IPA agrícola passou de elevação de 0,80 para 0,86 por cento, enquanto o IPA industrial passou de aumento de 0,10 para 0,36 por cento.

As maiores altas individuais de preços no atacado na primeira prévia de setembro foram de soja em grão, minério de ferro, café em grão, aves abatidas e frigorificadas e aves.

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) avançou 0,42 por cento, ante variação positiva de 0,07 por cento.

As principais elevações de preços no varejo foram de limão, mamão papaia, leite longa vida, plano e seguro saúde e alcatra.

Os custos do grupo Alimentação passaram de queda de 0,25 por cento na primeira prévia de agosto para avanço de 0,60 por cento agora. Também pressionaram os preços de Vestuário, cujo aumento acelerou de 0,25 para 1,92 por cento.

O Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) subiu 0,10 por cento, ante 0,16 por cento.