Contexto

Veículo: Valor Econômico
Seção: Agronegócios
Página:

Contexto

As mais recentes projeções do Ministério da Agricultura sobre o valor bruto da produção (VBP) das principais culturas agrícolas do país apontam que Mato Grosso deverá desbancar a tradicional liderança de São Paulo nesse ranking. Impulsionado por soja e algodão, o VBP do Estado do Centro-Oeste deverá alcançar R$ 33,4 bilhões em 2011, 55,9% mais que no ano passado. Já o VBP paulista deverá recuar 9,7% na mesma comparação, para R$ 29,8 bilhões. No Estado do Sudeste, a queda será puxada pela cana, cujo VBP deverá passar de R$ 16 bilhões, em 2010, para R$ 12,6 bilhões neste ano. A redução será determinada sobretudo pelo menor volume de produção. É preciso considerar que os cálculos do ministério não incluem eucalipto, que vem avançando em ritmo acelerado nos campos de São Paulo nos últimos anos. Em contrapartida, outros cultivos paulistas fortes, como laranja e café, apresentam tendência de altas do VBP, ainda que relativamente pequenas. No caso da laranja, deverá subir de R$ 9 bilhões (2010) para R$ 9,6 bilhões (2011); no do café, de R$ 1,6 bilhão para R$ 1,7 bilhão. (FL)