Algodão: cotação recua depois de três meses de alta

Veículo: CEPEA
Seção:
Página:

Algodão: cotação recua depois de três meses de alta

 

As cotações do algodão registraram ligeiras quedas nos últimos dias no mercado brasileiro, depois de subirem por mais de três meses consecutivos, conforme pesquisadores do Cepea. De modo geral, os estoques continuam baixos e a demanda prevalece sobre a oferta.

Nos últimos dias, no entanto, parte das indústrias limitou as compras, por considerarem os preços atuais elevados. Entre 15 e 22 de março, o Indicador CEPEA/ESALQ com pagamento em 8 dias recuou 1,11%, fechando a terça-feira a R$ 3,973/lp. No mês, o Indicador tem queda de 0,32%.