Financiamento da dívida pública também visa controlar inflação

Veículo: Valor Econômico
Seção: Contas
Página:

Financiamento da dívida pública também visa controlar inflação

BRASÍLIA – O secretário Tesouro Nacional, Arno Augustin, disse que a estratégia de financiamento da dívida pública em 2011 está direcionada, também, para ajudar o Banco Central (BC) no controle da inflação.

“Nós achamos importante que a atuação da Secretaria do Tesouro seja voltada não apenas para a melhoria dos fundamentos fiscais, mas que também auxilie nos momentos da economia, auxiliando o Banco Central a equilibrar a liquidez”, comentou.

Augustin deixou claro que o Tesouro poderá, então, elevar a dívida pública além do limite fixado em R$ 1,93 trilhão para este ano, conforme o Plano Anual de Financiamento (PAF) 2011.

Ele confirmou que fará emissões, este ano, para o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico Social (BNDES). “Mas em valor menor” do que os R$ 80 bilhões da emissão feita em 2010 para o banco de fomento estatal.

Ele disse ainda que não estão descartadas emissões para o Fundo Soberano do Brasil. Caso ocorram, tais emissões estarão fora dos R$ 464,3 bilhões, que representam a necessidade de financiamento prevista para o ano.

(Azelma Rodrigues | Valor)