Tendências para o inverno 2011

Veículo: ONorte
Seção: Show
Página:

Show
Edição de domingo, 30 de janeiro de 2011 
Tendências para o inverno 2011
Estampas de bichos, xadrez e verde militar estarão nas roupas da temporada, que apostará no look sustentável
Goretti Zenaide

Os bichos estarão soltos neste inverno 2011 e as peles aparecem com força total como se viu nos desfiles da temporada, sejam na Europa como no Fashion Rio e no São Paulo Prêt-à-Porter que terminou no último dia 21, na capital paulista.


Inverno da marca Filhas de Gaia. Foto: Zé Takahashi.
Será um inverno de sobreposições de texturas, independentemente de estilo e tribo, com estampas de onça revisitadas e com tratamentos de corrosão e tye die. Os vestidos continuam na temporada e os tricôs são a grande aposta para a temporada fria. Mas os tweeds e as estampas clássicas de alfaiataria também estarão presentes, com modelos de calças inspirados em clássicos masculinos, que lembram o período do pós-guerra, com saias ajustadas e camisas bem cortadas.

As principais tendências do inverno vão ser camisas xadrez, jaquetas em estilo militar e românticas, vestidos e saias longas, além das linhas de confecções sustentáveis. No segmento luxo, as camisas femininas virão com botões folheados a ouro, algodão egípcio e detalhes em cristais Swarovski.

A cartela de cores vai girar em torno dos tons quentes como chocolates e caramelos, que combinam com onças, bichos de pequeno porte, vermelhos e alaranjados. Os verdes militares estarão em algumas coleções e o xadrez estará em quase todas. Alem dessas cores, haverá ainda o branco, o cinza, as mesclas off e o preto que, como sempre reinará absoluto no inverno.

Na maquiagem o que vai valer vão ser as bocas de um vermelho intenso e o olhos com cores suaves, com ares melancólicos. Os acessórios vão trazer estampas de bichos, cores e bordados com aplicações, botas ski e de montaria. Os scarpins serão de bico triangular e salto sabrina. As anabelas continuarão e as bolsas serão em tamanho médio com aplicações de pelos e texturizados.

Na linha sustentável, muitas marcas apostam no algodão orgânico e às lavagens com corantes naturais em suas composições. Tecidos com fibras de bambu, com manteiga da semente do cupuaçu e jeans reciclados.

Bolsas de sacos de cimento

O designer de bolsas Rogério Lima é um dos finalistas da categoria Moda no Prêmio GreenBest 2011. A premiação é pioneira de consumo e iniciativas sustentáveis e elege os destaques em diversas áreas como moda, decoração, alimentação, transporte e internet. Os vencedores são apontados por meio de votação popular e também de um júri especializado.

Ele foi selecionado graças a suas mais reconhecidas criações que são as bolsas confeccionadas com sacos de cimento. A linha existe há quatro anos, sempre com novos modelos e desenhos, além de detalhes de acabamentos luxuosos, como couro tingido e ferragens banhadas a ouro. As bolsas inspiram sustentabilidade em todos os sentidos, desde o reaproveitamento de materiais até projetos que o estilista implanta em parceria com as indústrias de cimento, visando ampliar esta linha e incentivar o interesse pelo produto Upcyde.

Além de Rogério Lima concorrem na categoria Moda as marcas Maria Bonita, Goóc, Alexandre Herchcovitch, Redley, Carlos Miele, Melissa, Osklen, Jujiro e Éden. A votação pode ser feita até 16 de março no site http://greenbest.greenvana.com.