Sulfabril

Veículo: Jornal de Santa Catarina
Seção: Mercado Aberto
Página:

 

Os representantes da TKR Vitorian Participações, empresa interessada em assumir a massa falida da Sulfabril, ainda não aprofundaram a análise do parecer emitido esta semana pelo Ministério Público (MP), desfavorável à convocação da assembleia de credores, passo fundamental para a concretização da negociação. Segundo o advogado da empresa, Ivan Rückl, a TKR tem capacidade financeira para cobrir as dívidas da massa falida, contrariando o que foi colocado pelo MP.

Rückl também disse que o processo já está nas mãos da juíza Quitéria Tamanini Vieira Peres, que assumiu recentemente a 1ª Vara Cível. É o primeiro contato que ela tem com o processo de mais de 12 mil páginas.