Entidades patronais de Blumenau criticam o piso

Veículo: Jornal de Santa Catarina
Seção: Economia
Página:

 A notícia da aprovação do salário mínimo regional ontem não foi bem recebida pelas entidades patronais de Blumenau. Informado pela reportagem do Santa sobre a aprovação do projeto, o presidente da Associação Empresarial de Blumenau (Acib), Ronaldo Baumgarten Junior, lamentou o resultado:

– Não tivemos tempo para discutir o assunto. Os deputados não nos ouviram.

Para Marcelino Campos, presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Blumenau, a mudança afetará diretamente o consumidor, que pagará preços mais altos. Campos lamenta que a classe produtiva não foi consultada.

– Os parlamentares votaram com intenções eleitoreiras e políticas. É vergonhoso – afirma Campos.

A presidente do Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias Têxteis de Blumenau (Sintrafite), Vivian Bertoldi, comemorou a aprovação. Mesmo não sendo beneficiado diretamente, o sindicato apoiou e participou da discussão a favor do mínimo regional.

– A aprovação do projeto é uma conquista do trabalhador. Todos têm direito a remuneração digna – diz Vivian.