BB e Texbrasil fecham convênio para impulsionar exportações do setor têxtil

Veículo: ExportNews
Seção:
Página: http://www.exportnews.com.br/noticia.php?noticia=1033&titulo=BB%20e%20Texbrasil%20fecham%20convênio%20para%20impulsionar%20exportações%20do%20setor%20têxtil

 

Entre as ações previstas inicialmente estão a oferta de treinamento e capacitação aos empresários interessados em exportar e consultoria técnica operacional

 
O Banco do Brasil e o Texbrasil, Programa Estratégico da Cadeia Têxtil Brasileira desenvolvido pela Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção (ABIT) em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), fecham convênio com o objetivo de capacitar empresários e facilitar as operações de comércio exterior no setor têxtil.

Entre as ações previstas inicialmente estão a oferta de treinamento e capacitação aos empresários interessados em exportar e consultoria técnica operacional, que irá orientar os profissionais quanto à documentação e estruturação dos procedimentos inerentes à exportação.

O BB irá disponibilizar seus produtos e serviços em comércio exterior, entre eles o programa Exporta Mais, que presta assistência às empresas em todas as fases da exportação e o Balcão de Comércio Exterior, ferramenta de e-commerce que funciona como uma vitrine digital para facilitar a apresentação da empresa e de seus produtos, bem como o contato com o importador para o fechamento dos pedidos. Além disso, irá oferecer linhas de crédito com juros competitivos para a exportação. Para isso, as empresas do Texbrasil terão à disposição 18 Gerências Regionais de Apoio ao Comércio Exterior (Gecex), localizadas nas principais praças exportadoras do País – são equipes especializadas de consultoria e mais de 100 gerentes de negócios internacionais com expertise na área.

BB quer atender demandas específicas do setor

Atualmente o setor têxtil nacional movimenta US$ 47 bilhões e concentra cerca de 30 mil empresas, além de ser o segundo em termos de geração de empregos entre as indústrias de transformação do País, números que despertaram no Banco o interesse de desenvolver ações específicas para as necessidades desse segmento. “Queremos prover condições melhores, fornecer informações e ajudar esses empresários a entender melhor os riscos e as vantagens envolvidas em uma operação de comércio exterior. O conhecimento que o BB possui na área irá auxiliar as empresas do setor têxtil a enfrentarem a concorrência global e terem participação ainda maior na pauta das exportações brasileiras”, explica Nilo José Panazzolo, diretor de Comércio Exterior do BB.

De acordo com Rafael Cervone Netto, diretor do Texbrasil, a maioria das empresas que participam do Programa é de pequeno e médio porte e tem uma carência grande por ações que minimizem os riscos e ampliem as possibilidades de negócios no exterior. “O Texbrasil tem um escopo amplo de serviços que vai desde a sensibilização das empresas até a promoção comercial. Entretanto, é fundamental para atingirmos nossos objetivos um parceiro como o BB, com produtos que nos auxiliem tanto no compartilhamento de informações, quanto na oferta de crédito para exportação. Temos hoje uma área especializada em gestão da exportação que trabalha direto com as empresas e o Banco vem para complementar todo esse trabalho que já está sendo feito”, explica o executivo.