Brasil e México discutem livre comércio

Veículo: Jornal de Santa Catarina
Seção: Mercado Aberto
Página:

 

SÃO PAULO - No encontro de hoje entre os presidentes do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, e do México, Felipe Calderón, um assunto tabu na definição do próprio mexicano volta à mesa. Empresários dos dois países cansaram de esperar iniciativas oficiais e pressionam os governos para que fechem um acordo. Os brasileiros arrancaram de Calderón um esboço de compromisso.

– Mais de 70% do PIB latino-americano é gerado por Brasil e México. Imaginem o que podemos fazer juntos se nos unirmos – disse o líder mexicano.

Calderón reconheceu que um acordo de livre comércio entre os dois países é “complexo e difícil”, mas poderia beneficiar as duas maiores economias da América Latina.