TKR promete provar que pode assumir a Sulfabril

Veículo: Jornal de Santa Catarina
Seção: Economia
Página: www.santa.com.br

BLUMENAU - O grupo de investidores interessados em assumir a Sulfabril, TKR Vitorian Participações, deve comprovar capacidade financeira à Justiça dentro de 10 dias. Os documentos exigidos pelo Ministério Público, por meio da manifestação da promotora de Justiça Monika Pabst serão entregues na semana que vem, de acordo com o diretor da TKR Vitorian, Nelson Rodrigues. A decisão foi tomada terça-feira à noite, em uma reunião entre os investidores e o Síndico da massa falida (Sulfabril), Celso Zipf.

Entre os documentos exigidos pela promotora estão a cópia autêntica da cessão de crédito e o recibo do pagamento de R$ 4,76 milhões em favor do sócio Luiz Alberto Basseto, balanço patrimonial e demonstrações financeiras da sociedade TKR Vitorian, assim como a comprovação da atual composição acionária do grupo.

A Assembleia Geral de Credores será deferida pelo Ministério Público se a TKR Vitorian comprovar que tem capital para assumir as dívidas da Sulfabril, que ultrapassam R$ 200 milhões, e manter a empresa em atividade.

 

Entenda o caso 
- Após os trabalhadores aprovarem em assembleia a proposta de pagamento dos créditos trabalhistas da Sulfabril, em 28 de março, feito pela empresa interessada em assumir a indústria, o Sintrafite protocolou na Justiça um pedido de convocação de uma Assembleia Geral de Credores. 
- Na proposta aprovada pela categoria, a empresa depositará os valores bimestralmente, sendo que nas primeiras 11 parcelas serão disponibilizados R$ 600 mil reais e o restante das dívidas serão parceladas em 18 vezes, também bimestrais.