Notícias

Exportações para a Argentina caem 38%

As exportações de produtos têxteis catarinenses para a Argentina tiveram uma queda de 38% no primeiro bimestre de 2009. Foram enviados ao país vizinho US$ 5,4 milhões em produtos nos dois primeiros meses do ano, contra US$ 8,8 milhões enviados no mesmo período de 2008. No balanço geral, as exportações de produtos têxteis catarinenses caíram 44% no primeiro bimestre de 2009. Foram exportados US$ 25 milhões nos dois primeiros meses do ano, contra US$ 45 milhões no mesmo período de 2008.

A Argentina é o principal destino das exportações de têxteis brasileiros. O grande problema tem sido a demora para a concessão da licença-prévia. Legalmente, o prazo máximo é de 60 dias. Para o presidente do Sintex, Ulrich Kuhn, se este prazo fosse cumprido, as empresas se adaptariam. “Poderia complicar a sua vida, mas sempre teria uma solução. Porém, eles levam 60, 90, 120, 150, 180 dias. Então é uma situação totalmente esdrúxula”, critica Kuhn.

O presidente do Sintex também critica o posicionamento do governo brasileiro ante o problema. “Por mais que eu saiba e entenda os bastidores da posição brasileira com relação à Argentina, não podemos e não devemos nos conformar diante disso, devemos buscar formas e argumentos, bater na mesa, ‘subir no palanque’, não aceitar esta passividade dos nossos governantes. Devemos encontrar forças, não esmorecer nesta nossa postura. Esta discussão deve ser levada até as últimas conseqüências”, ressalta o executivo com indignação.



Compartilhe:

<< Voltar