Notícias

Os Projetos de Sustentabilidade da Kyly

Os mesmos princípios, fundamentados na ética, responsabilidade e respeito que dispensa aos seus públicos – mercados, colaboradores e fornecedores – a Kyly Indústria Têxtil  aplica na sua relação com o meio ambiente. Detentora das marcas Kyly e Milon, de confecções e acessórios infantis e infanto-juvenis, a empresa manifesta-se comprometida com a preservação ambiental e equilíbrio do ecossistema, por meio de inúmeras ações internas e voltadas à comunidade, com o aperfeiçoamento de seus processos e otimização do uso dos recursos naturais.

Figurando entre as cinco maiores malharias infantis, com produção superior a um milhão de peças mensalmente, a Kyly, dona de um parque fabril com 37 mil metros quadrados, em Pomerode, SC, é também responsável por áreas de reflorestamento equivalente mais de 1.300.000m2.

Na planta industrial, que envolve atividades de tecelagem, tingimento, acabamento e estamparia, além dos laboratórios físico e químico, ela mantém rigoroso controle no consumo, pela utilização racional da energia elétrica, segundo declaram Rogério Rodrigues de Lima, da área têxtil, e Osmar Luciano Rodrigues, diretor de operações.

Um exemplo de gestão sustentável é o reaproveitamento de 30% a 40% da água utilizada no processo de tingimento. “Toda a água recuperada vai para a central de água quente, e com a recuperação do calor e da temperatura, economizamos energia para o resfriamento dos efluentes e no aquecimento de água para o processo industrial, cujo resultado, além da economia, é um grande benefício para o meio ambiente”, reitera Rogério Lima, ao revelar que o consumo médio de água na Kyly, com a produção atual, está em 120 metros cúbicos por hora.

Com investimentos constantes em suas estações de tratamento de água e de efluentes, a Kyly adota sistema de dosagens e controle de Ph totalmente automatizados, o que reduziu substancialmente  e utilização de produtos químicos e a geração do lodo.

Mais do que a responsabilidade e o comprometimento com tecnologias limpas em seus processos, a Kyly evoluiu para o plano da educação ambiental. Anualmente, a empresa recebe 400 crianças da rede pública e particular de Pomerode, num encontro realizado na Semana da Água (em setembro). As crianças são orientadas, por meio de palestras, sobre uso racional da água e reciclagem do lixo, conhecendo também as instalações e estações de tratamentos da Kyly. “Como uma empresa cidadã e voltada ao público infantil, entendemos que os cuidados com o meio ambiente começam em casa, e com educação, o que nos propusemos a transmitir à garotada nestes eventos”, disse o diretor Rogério de Lima.

Por suas ações ambientais, a Kyly há mais de cinco anos vem recebendo o reconhecimento de autoridades e da comunidade, com premiação e láurea, como o Troféu Fritz Muller, conferido pela Fundação do Meio Ambiente de Santa Catarina.

 



Compartilhe:

<< Voltar