"Não há comparação", diz Ulrich Kuhn

Veículo: Blog Estela Benetti
Seção:
Página:

Esta é uma enchente muito maior, que está provocando muito mais perdas a Blumenau e ao Vale do Itajaí. Não há comparação com as enchentes de 1983 e 1984 porque, naquela vez, a água subiu muito e rápido equanto, agora, está tudo encharcado e os morros estão caindo _ me disse ontem à tarde o presidente do Sindicato das Indústrias Têxteis de Blumenau, Ulrich Kuhn.

Segundo ele, as empresas estão considerando o lado humano e suspenderam a produção para que as pessoas possam preservar as suas vidas e cuidar das suas casas.

O empresário diz também que os prejuízos econômicos serão bem maiores desta vez porque muitas obras de infra-estrutura e residências estão sendo destruídas pela enchente. Em 1983 e 1984, o rio Itajaí-Açu subiu 15,7 metros e 15,8 metros acima do seu nível, respectivamente. Desta vez, subiu 11,52 metros, mas os danos são maiores porque muitas áreas estão deslizando.

Ontem, Blumenau, Itajaí e região viviam um cenário de guerra, com perdas humanas e carros do Exército nas ruas.