Morre Adelina, fundadora da Dudalina

Veículo: Folha de Blumenau
Seção: Capa
Página: www.folhadeblumenau.com.br

 


Adelina morre aos 82 anos

A fundadora da empresa blumenauense Dudalina, Adelina Clara Hess de Souza, 82 anos, morreu nesta sexta-feira (31) em decorrência de complicações respiratórias.

Ela iniciou a trajetória profissional aos 15 anos, quando trabalhou no armazém de secos e molhados dos pais. Em 1957, fundou a Dudalina, empresa de referência em moda masculina no Brasil, com mais de 1,3 mil trabalhadores. Adelina era membro vitalício da Academia de Letras Blumenauense.

Para o presidente da Associação Empresarial de Blumenau (Acib), Ricardo Stodieck, Adelina foi uma das maiores empreendedoras da cidade. “Uma líder forte. Sempre foi uma mulher à frente do seu tempo”, afirma.

Adelina nasceu em 20 de março de 1926, em Luis Alves. Era filha de Leopoldo e Verônica Hess. Estudou em Belchior e no Colégio Sagrada Família, em Blumenau. Aos 14 anos, terminou o ginásio e começou a ajudar os pais.

Adelina se casou em 1947 com Rodolfo Francisco de Souza Filho, conhecido como Duda, e teve 16 filhos. Ao lado dele construiu a maior fábrica de camisas da América Latina. O nome da empresa é uma junção de Duda e Lina, apelido com que ambos se chamavam.



Dudalina



Com a aquisição dos negócios dos pais, a empresa passou a se chamar Martendal & Souza. Em 1969, o casal inaugurou a nova sede da Dudalina e, em 1984, foi inaugurada a nova sede da empresa, no bairro Fortaleza.