Fórum Parlamentar quer mudar acordo com a China

Veículo: Folha de Blumenau - Ed. 162
Seção: Política
Página: www.folhadeblumenau.com.br


A senadora Ideli Salvatti (PT) informou que os deputados e senadores da frente em defesa da indústria têxtil e de confecções querem que o governo altere alguns pontos do acordo de comércio nessa área firmado com a China.

O acordo tem vigência prevista apenas até o final deste ano e a senadora entende que é preciso “aprimorar” alguns pontos, levando em consideração que a importação de produtos da China foi desastrosa para a indústria nacional.

Coordenadora no Senado da frente, Ideli disse que já foi realizada reunião com o ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, quando foram apresentadas as reivindicações dos empresários. Lembrou que a indústria têxtil e de confecções, que passou por momentos críticos nos últimos anos, emprega 1,7 milhão de pessoas, das quais 75% são mulheres. “O setor é o campeão na oferta de primeiro emprego no País”, informa.

Ideli disse ter obtido promessa do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior de que a área têxtil e de confecções será a próxima a ser tratada no “fórum de competitividade”, coordenado pelo ministério e com a participação das demais pastas ligadas ao assunto.