Feira têxtil deve gerar R$ 30 milhões

Veículo: Folha de Pernambuco
Seção: Economia
Página: 04

Os produtores e empresários do segmento têxtil de Pernambuco terão a oportunidade de se atualizarem no mercado da moda. A quarta edição da Feira de Componentes Têxteis (Comtex) será realizada entre os dias 24 e 27 deste mês, no Pólo Comercial de Caruaru. A expectativa dos organizadores é de movimentar cerca de R$ 30 milhões, com 200 expositores da região, além de Sul e Sudeste do País. "Estamos prevendo o dobro do faturamento do ano passado, porque também estamos contando com mais expositores", disse a organizadora da Compex, Valéria Luna. "Nossa intenção é levar o fornecedor da moda para o nosso pólo de confecções, a fim de que ele possa se informar sobre as tendências de tecidos, aviamentos, máquinas, equipamentos e as novas tecnologias", declarou. Para os quatro dias de evento, são esperados cerca de 14 mil visitantes, sendo ainda oferecida, ao público, uma série de palestras, pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Câmara da Moda e Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecções (Abit). "A Compex se transformou numa ferramenta estratégica para a fomentação do mercado interno, com a reciclagem do empresariado da região. A cada ano, nossa produção tem melhorado em termos de quantidade e qualidade", afirmou Fredi Maia, presidente do Sindicato das Indústrias de Vestuário (Sindvest PE). 0 Pólo do Agreste, com as cidades de Santa Cruz do Capibaribe, Toritama e Caruaru, possui 12 mil empresas do setor têxtil, respondendo por 73% da produção em Pernambuco. Por ano, são produzidas quase 70 milhões de peças, gerando R$ 1,7 bilhão em negócios.