Notícias

Concorrência

Veículo: Jornal do Brasil
Seção: País
Página: A4

Parceria entre a Associação Brasileira da Indústria Têxtil (Abit) e a Receita Federal para controlar a entrada de tecidos importados no Brasil começa a mostrar resultados. Desde que fiscais foram treinados e ganharam um kit com exemplos de tecidos, o valor médio das importações brasileiras de tecidos era de US$ 6. Hoje é de US$ 9. Mesmo assim, o valor ainda está bem abaixo do registrado em países vizinhos como a Argentina onde o valor médio das importações de tecidos é de US$15. Sem registro O subfaturamento não é o único problema na concorrência no setor têxtil e de confecção. 0 descaminho também é grande. Muita mercadoria saída da China com destino ao Brasil é desviada para países vizinhos e entra com facilidade no Brasil pela fronteira seca, principalmente com a Bolívia. De janeiro a setembro do ano passado, a China registrou a saída de 28 mil toneladas de produtos têxteis para o Brasil, mas só passaram pela alfândega 15.400 toneladas.


Compartilhe:

<< Voltar